FIQUE TRANQUILO NA VOLTA ÀS AULAS

Medo e insegurança são algumas das sensações que precedem a volta às aulas. Esses sentimentos são normais e comuns em várias idades, afinal, são professores, colegas  e um ambiente novo, conteúdos inéditos a serem enfrentados. Mudanças geram preocupação. É importante que saibamos falar sobre elas.

 

Existem diversos motivos que podem tornar difícil esse momento. A mudança na rotina é um deles. Ao longo das férias, geralmente temos mais tempo disponível para ficar junto com nossos pequenos, o que dificulta ainda mais o retorno às aulas. É importante que criemos recursos para amenizar o impacto nessa rotina e que tornem o retorno à escola o mais prazeroso possível. Pensando nisso, elaboramos dez dicas que irão auxiliar você e seu pequeno na volta às aulas!

 

 

  1. Falando sobre os medos da volta às aulas

Converse sobre os medos do seu pequeno. Nesse momento, será estabelecido um vínculo que deverá se estender por todo o ano letivo. Acolha suas inseguranças e dialogue de forma real e sutil sobre elas, deixe claro que todo o tempo, você está disposta a escutar os seus problemas e o ajudar a enfrentá-los.

 

  1. Encarando a realidade

Tratar a escola como um ambiente agradável é um fator decisivo na forma que seu pequeno irá encarar os estudos. Nunca se refira a escola como uma punição ou castigo. Sugerir recompensas como passeios ou presentes decorrentes do ato de ir à escola ou estudar não é uma opção.

 

  1. Voltando aos poucos…

Durante as férias é comum que a rotina diária mude. Vamos dormir mais tarde e também acordamos mais tarde. Acabamos a acostumar nosso corpo com essas pequenas mudanças. A transição para os horários letivos deve ser feita de forma gradual. Uma boa dica é tentar ir para a cama mais cedo e também despertar mais cedo uns dias antes da volta definitiva à escola.

 

  1. Checklist

Junto com seu pequeno, organize a escrivaninha e suas gavetas. Tire tudo o que não será mais utilizado e deixe espaço livre para os novos materiais. Reserve um local para estudo, que seja confortável e agradável.  Confira se sua mochila está nos conformes checando cada material como cadernos, lápis e livros. Convide ele também a conferir seu uniforme e utensílios como lancheira e bolsa de lápis.

 

  1. Definindo uma rotina

Crie uma rotina de horários junto com seu pequeno antes de tudo recomeçar. Nela, deverão ser considerados os momentos de lazer, como os momentos de leitura, visitas a parques, cinemas e casa de amigos. Também os horários de aulas na escola e fora dela, como inglês, música e esportes. Isso ajudará seu pequeno a se localizar ao longo do ano.

 

  1. Esteja junto…

Se puder, vá até a escola no retorno às aulas, apresente o novo professor à ele, isso o dará mais segurança, afinal, eles passarão muitos dias juntos. Um bom relacionamento com o professor é imprescindível para o bem estar na escola. Caso não seja possível, no final do dia, sente-se com ele e pergunte como foi. Pergunte sobre a nova professora e os novos colegas de sala, o que fizeram ao longo da aula. Isso o deixará feliz e seguro.

 

  1. Velhos e novos amigos

É importante esclarecer que mesmo que seu pequeno tenha mudado de escola ou de classe, ele poderá manter contato com os antigos amigos. Conhecer novas pessoas também é muito benéfico! É normal que no começo ele fique um pouco deslocado na nova escola, mas aos poucos, ele encontrará colegas que se identifica.

 

  1. Novos desafios

As matérias e conteúdos novos a serem aprendidos podem parecer um bicho de sete cabeças. Tranquilize seu pequeno em relação a eles! Deixe claro que você e o professor ou professora estarão presentes para ajudá-lo no que precisar. Leia junto com ele a introdução dos novos materiais de apoio que a escola pediu como as apostilas e livros didáticos.

 

  1. Não comece com cobranças fora de medida…

O momento é de readaptação. Começar com muitas cobranças poderá deixar seu pequeno ainda mais assustado. Caso ele apresente uma resistência exacerbada ao retorno, não seja ríspida ao dizer que ele deve ir a escola. O melhor é entender o motivo dessa resistência. Pode ser que isso seja passageiro ou então que aponte um problema mais grave como o bullying.

 

  1. Os livros poderão ajudar!

Pesquise sobre títulos referentes às inseguranças e medos do seu pequeno. Existem centenas de livros que abordam dificuldades comuns na infância. A Leiturinha Digital possui em seu acervo alguns títulos específicos para a volta às aulas, é só pesquisar pelo assunto que deseja abordar e aparecerão resultados relacionados ao tema.

 

Apesar de todos os desafios, o ambiente escolar tem muito a construir para o crescimento dos pequenos. Na escola eles aprendem muito sobre independência, socialização e ainda surpreendem a família toda com a capacidade de aprender e ensinar o que descobrem por lá! Com o seu apoio, tudo será mais fácil.

 

 

Fonte: http://leiturinha.com.br/blog/volta-as-aulas/


Deixe seu comentário

Atenção: Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não representam, necessariamente, a opinião da Lecimar.


Os mais lidos

OLHA O CARNAVAL AI GENTE

12 de fevereiro de 2018 às 10h50min

Comportamento
Continue lendo!

LOOKS PARA OUTONO

08 de fevereiro de 2018 às 11h10min

Moda Mulher
Continue lendo!

ANO QUE SE INICIA

16 de janeiro de 2018 às 08h50min

Institucional
Continue lendo!

DICA: CUIDADOS NAS FÉRIAS

02 de janeiro de 2018 às 09h00min

Comportamento
Continue lendo!

DICA: O QUE FAZER NAS FÉRIAS

26 de dezembro de 2017 às 09h00min

Comportamento
Continue lendo!